Política

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) apresentou até o momento somente um projeto de Lei na Assembleia Legislativa (ALMT).
Derrotado nas urnas em tentativa de reeleição em outubro, o ex-deputado federal Victório Galli (PSL) foi nomeado nesta terça-feira (19) como assessor especial da Presidência da República e irá trabalhar a partir de hoje em uma secretaria especial, criada pelo Governo Bolsonaro, para tratar de assuntos relacionados à Câmara dos Deputados.
Duas audiências sobre os escândalos de desvio de dinheiro envolvendo a Secretaria de Educação (Seduc) foram adiadas por conta da declaração de suspeição da juíza Ana Cristina Silva Mendes, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, na semana passada. O esquema veio a público em consequência da Operação Rêmora, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), em maio de 2016.
Apontado nos bastidores como um dos candidatos prediletos à vaga do Tribunal de Contas, o deputado Max Russi (PSB) ainda não apresentou à Assembleia Legislativa a documentação necessária para participar do rito. O prazo final para a entrega dos documentos é às 19h30 desta terça-feira (19) e, embora esteja computando o maior número de votos, segundo afirmam seus colegas deputados, o pessebista foi o único que não oficializou candidatura. Na Casa de Leis, rumores apontam para um possível recuo do parlamentar.
Os poconeanos acordaram bem cedo para aproveitar todos os serviços ofertados no dia D do projeto Ribeirinho Cidadão desenvolvido pelo Poder Judiciário, Tribunal de Justiça e Defensoria Pública, na "Cidade Rosa', apelido de Poconé.   Teve até  quem não dormiu para garantir uma consulta com o oftalmologista.
O ex-deputado Zé Domingos Fraga (PSD) e o ex-secretário de Estado Domingos Sávio (ex-PSD) foram nomeados a cargos comissionados na Assembleia Legislativa. Eles ocuparào, respectivamente, os cargos de Secretário Parlamentar da Mesa Diretora e Consultor Técnico Legislativo. Os salários sào de R$ 18.250,90 mil.
No setor da mineração do ouro, há muita evasào do ouro de Mato Grosso. Nós vamos saber da cooperativa de mineradores de Peixoto de Azevedo, Poconé, Livramento, Chapada dos Guimaràes, Cuiabá e de todo o Estado. Nós queremos saber também sobre a madeira, sobre o gado em pé que tem saído para Estados vizinhos simbolicamente, só para nào pagar os impostos aqui em Mato Grosso.
Na manhà desta quarta-feira (06/02), foi realizada a cerimà´nia de posse da nova diretora municipal de turismo na sede do Centro Cultural localizado na Av. Aníbal de Toledo, em Poconé (104 km de Cuiabá).
Durante a primeira sessào solene de instalação da 19ª Legislatura, que aconteceu nesta segunda-feira (4), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o deputado estadual Joào Batista (Pros) declarou, em seu discurso no Plenário, que “nào faltará coragem, disposição e vontade de trabalhar pelo povo de Mato Grosso”.
O governador Mauro Mendes já deu o troco antecipado nos professores do estado, que anunciaram paralisação no próximo dia 12. Mendes vetou o Projeto de Lei nº 87/2016, que propunha acesso dos professores e demais servidores da educação a merenda escolar.
Com a determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que liberou a indicação para a vaga no Tribunal de Contas (TCE), começaram as articulações políticas na Assembleia para viabilizar qual nome será indicado para ocupar a vaga que pertenceu ao ex-conselheiro Humberto Bosaipo. Entre os nomes que desponta na opiniào dos parlamentares é o do promotor de Justiça Mauro Zaque.
O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) se prepara para apresentar, nas primeiras sessões deste ano, projeto de emenda constitucional para revogar a chamada PEC do Teto dos Gastos. A matéria foi aprovada no final de 2017 e determina que as despesas com custeio e pessoal em 2018 e 2019 nào podem ser maiores que executadas em 2016, corrigidas pela inflação.
A Câmara Federal pode ser palco de uma Comissào Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o processo de demarcação da reserva indígena Maràiwatsédé/ Suiá Missú, efetivada entre 2012 e 2013, em Mato Grosso.
O ex-governador Silval Barbosa entrou com uma petição no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) contra o secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo. Ele alega que foi difamado pelo secretário ao ser apontado como principal responsável pela atual crise financeira de Mato Grosso, que apresenta déficit nas contas públicas de R$ 3,9 bilhões de dívidas e restos a pagar.
O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) poderá ser o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), quando a vaga - congelada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) - for liberada. A possibilidade foi revelada por seu colega de parlamento, o 1º secretário da Assembleia Legislativa, Max Russi (PSB), em entrevista à  Rádio Capital nesta manhà de segunda-feira (4).

Siga-nos

Leia as últimas notícias sobre qualquer uma dessas redes sociais!


Últimas Notícias